Saiba quais são os principais exames veterinários para o seu pet

Rafael Libman

Rafael Libman, grande entusiasta de animais, diz que assim como os humanos, os animais não devem procurar ajuda somente quando estão doentes. Portanto, assim como na medicina humana, os exames regulares ajudam a prevenir doenças e obter diagnósticos precoces de possíveis doenças ou problemas de saúde, o que facilita no tratamento na chance de cura. 

Na verdade, considerando que são pacientes que não falam, os exames ganham uma importância ainda maior, porque os primeiros sinais clínicos das doenças podem não ser percebidos pelos tutores, fazendo com que o diagnóstico só seja feito quando o problema alcança um estágio avançado.

Por isso, Rafael Libman diz que os exames veterinários são essenciais para acompanhar a saúde e bem estar do bichinho. Cada check up deve ocorrer, no mínimo, a cada 6 meses, para que o pet tenha um histórico, e facilitar o médico veterinário a pedir exames mais específicos e direcionar para uma investigação mais rápida. Ficou curioso para saber quais são os principais exames veterinários e o que eles podem dizer sobre a saúde do seu pet? 

  • Hemograma: Talvez seja o mais comum, já que avalia vários componentes do sangue a fim de diagnosticar  processos inflamatórios e infecciosos, anemias, presença de hemoparasitas, além de identificar parasitas sanguíneos que leva a doença conhecida como “doença do carrapato”. 
  • Exame de urina: Permite avaliar alguns distúrbios do sistema urinário, como doenças renais ou cistites, diabetes, infecção urinária e outras doenças endócrinas. Rafael Libman explica que para fazer o exame é ideal que o animal não tenha feito xixi ainda.  
  • Eletrocardiograma: Serve para avaliar a condução elétrica do coração, apontando a possível presença de arritmias e sugerindo alterações morfológicas de câmaras cardíacas. O bom é que o animal não leva nenhum choque e não precisa de qualquer tipo de preparo. 
  • Exame sorológico para FIV e FeLV: É a AIDS e Leucemia felina. É feito a partir de uma amostra de sangue para buscar antígenos da doença (partes dos vírus) ou anticorpo (reação do organismo a ela). Rafael Libman conta que é essencial fazer exame básico para prevenir a doença, ainda mais se estiver prestes a adotar outro gatinho. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui