Sisu 2021 abre inscrições para quase 210 mil vagas em universidades públicas; site tem problemas no início


Prazo se encerra nesta próxima sexta (9). Processo começou mais tarde neste ano por causa do adiamento do último Enem de novembro para janeiro. Começa amanhã o primeiro processo seletivo do SiSU 2021
O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2021 abriu na madrugada desta terça (6) as inscrições para vagas em universidades públicas de todo o país. O prazo se encerra na próxima sexta (9) e o resultado será divulgado em 13 de abril. Veja o site do Sisu.
Nos primeiros minutos após a abertura do sistema, candidatos relataram nas redes sociais problemas para acessar o site.
Initial plugin text
Initial plugin text
Confira mais abaixo o que é preciso para se inscrever, dicas para a vaga desejada e datas importantes de saber.
Segundo o Ministério da Educação, ao todo serão ofertadas 209.190 mil vagas, distribuídas em 5.685 mil cursos de graduação.
O Sisu seleciona candidatos a vagas em universidades públicas por meio da nota na mais recente edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Não há cobrança de taxa.
Página do Sisu 2021 na internet
Reprodução
Para concorrer às vagas do Sisu, o candidato:
não pode ter zerado na redação do Enem
não pode ter prestado o exame na condição de treineiro
pode escolher até duas opções de curso
Veja dicas para as inscrições pelo sistema:
acompanhe o processo durante os 4 dias em que o sistema estará aberto. O acesso ou não à vaga muda de acordo com as pessoas que estão se inscrevendo
é recomendável ver ao menos uma vez ao dia como está a disputa no curso desejado. O sistema tem uma atualização diária em que o candidato checa se a disputa pela vaga ainda é viável ou se é melhor mudar de curso. Ou seja, as opções podem ser mudadas no decorrer dos 4 dias
o candidato deve observar nas atualizações diárias quantas vagas estão disponíveis no curso, qual a posição em que se encontra e se sua nota é suficiente para garantir uma vaga
não deixe para fazer sua inscrição apenas na sexta. De qualquer forma, é a opção marcada neste último dia que valerá ao final para o processo
fique atento aos pesos atribuídos à nota do Enem pela instituição de ensino pesquisada – cada uma pode adotar critérios próprios na disputa pela vaga. O sistema faz o cálculo automaticamente
o candidato pode observar se tem direito ao sistema de cotas e informar na inscrição
Datas do cronograma:
o resultado sai na terça-feira da próxima semana, dia 13 de abril
as matrículas nas instituições de ensino serão realizadas no período entre 14 e 19 de abril. A documentação é informada pela instituição de ensino
estudantes que não forem chamados nesta etapa para uma vaga poderão entrar em uma lista de espera que estará aberta entre 13 e 19 de abril.
O MEC disponibiliza o telefone 0800-616161 para dúvidas dos candidatos.
Saiba mais: Nota do Enem serve como vestibular em universidades públicas e privadas, além de dar acesso a bolsas e financiamentos
Por causa da pandemia, o Enem 2020 foi adiado de novembro para janeiro, e as notas foram divulgadas no final de março último. Isso fez com que o governo também adiasse o período de inscrições do Sisu para que a nota do Enem da edição mais recente pudesse ser usada.
O Sisu foi aberto em março para consulta. O candidato podia saber o número de vagas por curso e as regras de cada universidade —como as notas mínimas exigidas ou o regulamento para cotas sociais.
Outros programas de acesso ao ensino superior, como o de bolsas em universidades privadas (Prouni) e o de financiamento de mensalidades (Fies), abriram inscrições em janeiro e a seleção ocorre por meio da nota de edições anteriores do Enem. As inscrições para o Prouni e para o Fies já foram encerradas.
VÍDEOS: Educação