Portões são abertos 15 minutos antes do previsto e estudantes entram para primeiro dia de provas do Enem em Maceió


Devido à pandemia de Covid-19, previsão de abertura dos portões era 30 minutos antes do que anos anteriores, para evitar aglomerações. No Cepa, em Maceió, local que reúne o maior número de candidatos, eles foram abertos 15min antes do previsto, às 11h15. Os portões nos locais de provas onde serão aplicadas as provas do Enem 2020 foram abertos às 11h15 deste domingo (17), no Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa), local que reúne 2.170 candidatos distribuídos em 10 escolas. Devido à pandemia de Covid-19, a previsão era de que os portões fossem abertos 30 minutos mais cedo do que anos anteriores, para evitar aglomerações. Além disso, é necessário seguir medidas de segurança, como uso de máscara, por exemplo.
Em Alagoas, 102.577 candidatos se inscreveram para o Enem 2020, que foi adiado para 17 e 24 de janeiro de 2021 por causa da pandemia do novo coronavírus. A maioria dos inscritos (100.739) escolheu fazer o exame impresso; 1.838 candidatos farão prova digital.
Na Escola Estadual Moreira e Silva havia marcação com fita adesiva no chão para que os candidatos pudessem manter o distanciamento social na fila, antes de entrar.
Marcação com fita adesiva indicava o distanciamento social na entrada a Escola Moreira e Silva, em Maceió
Carolina Sanches/ TV Gazeta
Além da documentação necessária, os fiscais exigiram também o uso de máscaras. Para os candidatos que chegaram mais cedo, a entrada foi tranquila.
Fiscais conferiram documentos obrigatórios e o uso de máscaras na entrada do Cepa, em Maceió
Carolina Sanches/ TV Gazeta
Bruno Feliciano está fazendo o Enem pela primeira vez e além de várias canetas, ele levou máscaras reservas para fazer a troca. “Esse ano, além da tranquilidade para a prova tem que ter a proteção”, disse o candidato.
Candidato levou canetas reservas e máscaras para fazer a troca durante as provas do Enem , em Maceió
Carolina Sanches/ TV Gazeta
Ainda no Cepa, um grupo de universitários distribuiu kits com canetas, lanche e água, que foram doados para os candidatos. Além disso, eles montaram uma estrutura com um saco de areia no canteiro sugerindo que os candidatos pudessem aliviar o estresse antes das provas.
“Uma das coisas que a gente está percebendo muito nos atendimentos é a questão da ansiedade, do nervosismo pelo fato deles não terem se preparado como deveriam ou como gostariam de se preparar, devido à pandemia, eles estão muito nervosos. Porém, a gente está passando para eles que já é uma superação estarem aqui”, disse Isabel Lira, coordenadora do projeto.
Universitários levam saco de areia para candidatos aliviarem o nervosismo antes das provas, em Maceió
Carolina Sanches/ TV Gazeta
Candidatos aguardando a abertura dos portões para as provas do Enem, em Maceió
Raphael Ramos/ TV Gazeta
Enem no Brasil
Em todo o Brasil, de acordo com o Ministério da Educação (MEC), o Enem teve 5.783.357 inscritos confirmados, um aumento de 13,5% em relação ao quantitativo de 2019.
Desse total, 5.687.271 candidatos vão realizar o Enem impresso e 96.086 para o Enem Digital. A maioria dos interessados em fazer o Enem 2020 já finalizou o ensino médio: 65,6%, um total de 3.794.543 participantes.
Cronograma do Enem:
Provas impressas: 17 e 24 de janeiro, para 5,7 milhões inscritos
Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro, para 96 mil inscritos
Reaplicação da prova: 23 e 24 de fevereiro
Resultados: 29 de março
Horários
Os portões dos locais de aplicação serão abertos mais cedo, às 11h30 (horário de Brasília). Assim, o participante terá até 1 hora e 30 minutos para acessar o local de prova, para evitar aglomerações.
Abertura dos portões: antes, 12h; agora será às 11h30 (horário de Brasília)
Fechamento dos portões: 13h
Início das provas: 13h30
Término das provas 1º dia (17/1): 19h
Término das provas 2º dia (24/1): 18h30
Medidas de segurança adotadas:
Máscaras
O uso de máscara será obrigatório para todos os candidatos e também para os aplicadores e acompanhantes de mães que estiverem amamentando.
Higienização
Nos locais de prova, serão disponibilizados recipientes próprios com álcool em gel e, no banheiro, os participantes serão orientados a lavar as mãos com água e sabão, antes e após o uso.
Lanches
Só será permitida a retirada da máscara para alimentação ou ingestão de líquidos.
Salas de prova
As escolas serão higienizadas antes da aplicação do exame e organizadas também para garantir um distanciamento social adequado. Os espaços passarão por higienização antes de cada dia de aplicação.
Distanciamento
O distanciamento entre participantes e aplicadores e os protocolos de proteção contra a Covid-19 deverão ser respeitados em procedimentos como ida ao banheiro e vistoria de materiais e lanches.
Grupos de risco
As pessoas consideradas de grupos de risco (idosos, gestantes e pessoas com doenças respiratórias ou que afetam a imunidade) receberão tratamento diferenciado no ensalamento. A ocupação nessas salas será de até 25% da capacidade máxima.
Participantes com doenças infectocontagiosas
Pessoas acometidas ou com sintomas de COVID-19 e outras doenças infectocontagiosas, nos dias de realização das provas, não devem comparecer aos locais de aplicação. Nesses casos, a condição deverá ser comunicada, por meio da Página do Participante, antes da aplicação do exame.
Investimentos em biossegurança
O Inep adequou os locais de prova sob critérios de biossegurança, incluindo disponibilização de produtos de higienização; realização de procedimentos controlados e orientados para acesso ao local de prova; identificação de participantes e distanciamento entre as carteiras.
Candidatos com Covid-19
Quem for diagnosticado com Covid-19 ou apresentar sintomas da doença, ou de outra doença infectocontagiosa até a realização do exame deve comunicar o Inep pela Página do Participante e pelo telefone 0800 616161. Esses candidatos terão direito de participar da reaplicação do Enem nos dias 23 e 24 de fevereiro.
Para fazer o pedido da reaplicação, o participante deverá inserir, no momento da solicitação, documento que comprove a doença, com o nome completo do participante, o diagnóstico com a descrição da condição, o código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID 10), além da assinatura e da identificação do profissional competente, com o respectivo registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) e data do atendimento.
Veja os vídeos mais recentes do G1 Alagoas
Veja mais notícias da região no G1 Alagoas