Família unida: Primos dividem a ansiedade e fazem prova do Enem no mesmo local em Petrolina, PE

Enem 2020: Estudantes se aglomeram na frente da Faculdade de Petrolina — Foto: Juliane Peixinho/G1 1 de 3
Enem 2020: Estudantes se aglomeram na frente da Faculdade de Petrolina — Foto: Juliane Peixinho/G1

Enem 2020: Estudantes se aglomeram na frente da Faculdade de Petrolina — Foto: Juliane Peixinho/G1

Este domingo (17) foi dia dos estudantes comparecerem aos locais de aplicação para o primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, os participantes chegaram cedo, antes mesmo das 11h, quando foram abertos os portões. A utilização obrigatória da máscara estava sendo cumprida pelos inscritos na prova. Mas, o distanciamento social não foi muito respeitado, alguns estudantes se reuniam em grupos e houve aglomeração na porta de universidades, como a Faculdade de Petrolina (Facape), que fica na Cidade Universitária.

Este ano, os protocolos de segurança contra à covid foram um dos agravantes para a ansiedade dos participantes durante o exame .É o que afirmou o Lucas Marcelino da Silva, de 20 anos, que presta o Enem pelo terceiro ano. Para descontrair, ele se reuniu com colegas e chupou picolé. “A gente vem em uma tensão para prova e tudo mais, e chupar picolé, trocar ideias, serve para tranquilizar a mente, e você não ficar sozinho. Compartilhando suas ideias e preocupações com os amigos, eles podem ajudar você a ficar mais tranquilo durante a prova”, disse.

Enem 2020 em Petrolina: Lucas Marcelino escolheu chupar picolé com as colegas para relaxar — Foto: Juliane Peixinho/ G1 2 de 3
Enem 2020 em Petrolina: Lucas Marcelino escolheu chupar picolé com as colegas para relaxar — Foto: Juliane Peixinho/ G1

Enem 2020 em Petrolina: Lucas Marcelino escolheu chupar picolé com as colegas para relaxar — Foto: Juliane Peixinho/ G1

Já o Maycon Gabriel, de 17 anos, que vai fazer o Enem pela primeira vez, a forma de relaxar um pouco para prova foi saber que estava no mesmo barco que os três primos da família Vieira. Além dele, a Kamilla Raquel, a Suilla Vieira e a Carla Kelly também vão fazer a prova.”Melhor que está todo mundo reunido, seguro, dando confiança para a pessoa. Estou muito ansioso com a prova, porque é uma prova muito difícil de passar, muito mesmo”.

A prima Kamilla Raquel tem 32 anos e é veterana na prova. Ela disse que este ano o whatsapp e a troca de mensagens entre os primos ajudou na preparação. “Tiramos dúvidas principalmente sobre a Redação. O que um sabia passava pra o outro, e mesmo na distância, se tornamos próximos um do outro”, destacou.

Enem 2020 em Petrolina: Primos da família Vieira vão juntos fazer a prova do Enem na Facape — Foto: Juliane Peixinho/ G1 3 de 3
Enem 2020 em Petrolina: Primos da família Vieira vão juntos fazer a prova do Enem na Facape — Foto: Juliane Peixinho/ G1

Enem 2020 em Petrolina: Primos da família Vieira vão juntos fazer a prova do Enem na Facape — Foto: Juliane Peixinho/ G1

Já a Maria Eduarda Suzart, de 18 anos, optou por ouvir música antes da prova para ficar mais tranquila. “Estou preparada. Com tanto tempo em casa, não tinha muita coisa para fazer, a única opção foi estudar mesmo”.

GR2 de sábado, 16 de janeiro