Estudante leva 5 máscaras para prova do Enem em Sorocaba: 'Tem pessoas do grupo de risco na minha casa'

Estudantes chegam para fazer a prova do Enem 2020 em uma faculdade de Itapetininga — Foto: Heloísa Casonato/G1 1 de 4
Estudantes chegam para fazer a prova do Enem 2020 em uma faculdade de Itapetininga — Foto: Heloísa Casonato/G1

Estudantes chegam para fazer a prova do Enem 2020 em uma faculdade de Itapetininga — Foto: Heloísa Casonato/G1

Milhares de estudantes partipam do primeiro dia de prova do Enem 2020 neste domingo (17), que aborda conteúdos de linguagem, ciências humanas e redação.

Os portões abriram às 11h30 nesta edição, meia hora mais cedo, para evitar aglomeração. Esta é a maior edição do Enem, com mais de 5,5 milhões de estudantes, que ocorre durante ações de medidas de isolamento para conter o avanço do coronavírus.

Em Sorocaba (SP), 15.121 estudantes fazem a prova neste domingo. Outros 3.525 participam do Enem em Itapetininga. Já Jundiaí tem 7.969 inscritos para a prova deste ano.

Portão de faculdade para prova do Enem 2020 foi fechado às 13h em Itapeitninga — Foto: Heloísa Casonato/G1 2 de 4
Portão de faculdade para prova do Enem 2020 foi fechado às 13h em Itapeitninga — Foto: Heloísa Casonato/G1

Portão de faculdade para prova do Enem 2020 foi fechado às 13h em Itapeitninga — Foto: Heloísa Casonato/G1

Os portões foram fechados às 13h, e a prova começou 13h30. A duração do exame é de 5 horas e meia neste primeiro dia. Porém, a partir de 15h30 os alunos já podem sair da prova sem levar o caderno de questões. Quem quiser deixar o local de prova terá que sair a partir das 18h30.

Estudantes fazem prova do Enem 2020 em Sorocaba — Foto: Antônio Ferreira/TV TEM 3 de 4
Estudantes fazem prova do Enem 2020 em Sorocaba — Foto: Antônio Ferreira/TV TEM

Estudantes fazem prova do Enem 2020 em Sorocaba — Foto: Antônio Ferreira/TV TEM

A estudante de Sorocaba, Gabriela Tadako, de 17 anos, vai prestar a prova para estudar biologia.

Ela conta que a pandemia sobrecarregou os estudos para o Enem. “Foi complicado por conta da pandemia. Os professores começaram a enviar muito trabalho, prova. Isso atrapalhou o nosso estudo”, diz. A jovem diz que estudou dobrado no período de férias.

Gabriela foi prevenida para fazer a prova. O uso da máscara é obrigatório e o recomendado é levar duas para fazer a troca, mas ela levou “um pouco mais”.

“Trouxe mais cinco máscaras [além da que estava usando], álcool em gel. Tudo aqui. Eu prezo muito porque tem pessoas do grupo de risco na minha casa”, explica o zelo.

“A gente estudou bastante. Creio que muitas pessoas vão passar. Basta acreditar”, conclui.

A retirada da máscara só pode ser feita para a substituição ou alimentação, mas o candidato pode permanecer na sala. A falta do item pode levar a eliminação.

Os locais de prova vão oferecer recipientes de álcool em gel. A prova só pode ser feita com caneta preta, esferográfica, fabricada em material transparente.

O acesso ao local de prova só é feito com documento de identificação original e com foto. A identificação será feita do lado de fora das salas, para evitar aglomeração.

Estudantes fazem prova do Enem 2020 em Sorocaba — Foto: Antônio Ferreira/TV TEM 4 de 4
Estudantes fazem prova do Enem 2020 em Sorocaba — Foto: Antônio Ferreira/TV TEM

Estudantes fazem prova do Enem 2020 em Sorocaba — Foto: Antônio Ferreira/TV TEM

* Com informações de Antônio Ferreira/TV TEM

Veja mais notícias no G1 Itapetininga e Região

VÍDEOS: mais assistidos da região

200 vídeos

Vídeo mostra batida entre carro e moto que matou jovem de 19 anos em Jaú

Homem morre linchado após matar mulher a facadas em JundiaíPatos são flagrados atravessando rua em Rio Preto