Ambulante vende máscaras e álcool gel em local de prova do Enem em Fortaleza

Com Enem no pior momento da pandemia, ambulante vende máscaras e álcool gel para candidatos — Foto: Natali Carvalho/SVM 1 de 2
Com Enem no pior momento da pandemia, ambulante vende máscaras e álcool gel para candidatos — Foto: Natali Carvalho/SVM

Com Enem no pior momento da pandemia, ambulante vende máscaras e álcool gel para candidatos — Foto: Natali Carvalho/SVM

O trabalhador autônomo Maurílio Silva Lima vende há de 15 anos produtos na data das provas do Enem em frente aos colégios em Fortaleza. Neste ano, no entanto, ele oferta produtos diferentes: máscaras e álcool gel.

“Estou há muito tempo vendendo na época no Enem. Nos outros anos a gente vendia caneta, água, chocolate. Com a pandemia, a gente sabe que as pessoas precisam se cuidar e estamos vendendo esses produtos de segurança”, diz.

O Enem ocorre neste domingo (15) para mais de 5,5 milhões de candidatos em todo o Brasil, em meio ao pior cenário da pandemia de Covid-19. No Ceará, são 320 mil pessoas aptas a fazer a prova. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 começa neste domingo (17) para mais de 5,5 milhões de candidatos confirmados, em meio à alta no número de casos de coronavírus.

No Amazonas, que sofre um colapso na saúde pública, o governo decretou a suspensão do Enem.

Os candidatos devem tomar precauções como o uso de máscara, e os locais de prova devem oferecer álcool em gel. O vendedor Maurílio afirma que teve receio de ir ao local de prova para vender seus produtos, mas precisou sair de casa adotando medidas de segurança.

Neste ano, ele escolheu vender seus produtos em frente ao Liceu do Ceará, no Centro de Fortaleza.

“Receio a gente sempre tem, mas estamos adotando toda a segurança, sempre mantendo distância e higienizando as mãos com álcool gel. Como dependo dessa venda, escolhi vir aqui, que é um local mais aberto”, diz.

Maior vestibular do país

Maurilo Silva vende máscaras e álcool gel em frente a local de prova do Enem em Fortaleza — Foto: Natali Carvalho/SVM 2 de 2
Maurilo Silva vende máscaras e álcool gel em frente a local de prova do Enem em Fortaleza — Foto: Natali Carvalho/SVM

Maurilo Silva vende máscaras e álcool gel em frente a local de prova do Enem em Fortaleza — Foto: Natali Carvalho/SVM

O Enem é considerado o maior vestibular do país, e a nota serve para disputar vagas em universidades e ter acesso a programas de bolsas (Prouni) ou financiamento de mensalidade (Fies). Candidatos ouvidos pelo G1 dizem estar pressionados entre o sonho de ter uma graduação e o risco de se contaminar.

Os estudantes terão 5h30 neste domingo (17) para escrever a redação e responder a 90 questões de múltipla escolha (45 de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e 45 de Ciências Humanas e suas Tecnologias).

No próximo domingo (24), serão 5h para responder a mais 90 questões de múltipla escolha (45 de Matemática e suas Tecnologias e 45 de Ciências da Natureza e suas Tecnologias).

Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 minuto:

200 vídeos

Confira as notícias desta sexta-feira no G1 em 1 minuto - 3ª edição

Confira as notícias desta sexta-feira no G1 em 1 minuto - 2ª ediçãoConfira as notícias desta segunda-feira no G1 em 1 minuto - 1ª edição